29 de março de 2014

Procrastinar

Sou mestre na arte de adiar decisões. Falta sempre qualquer coisa. É sempre depois. Depois do fim de semana, depois das ferias, depois do aniversário, depois do natal, depois do ano novo, depois disto e daquilo. Sempre à espera de condições ideais. Nas pequenas e nas grandes coisas parece-me que não vivo o presente mas espero sempre por um futuro incerto, onde então tudo se irá concretizar.
Apesar de saber que só o agora é real, continuo a agir como se, sem nada mudar ou decidir, aconteça um dia, tudo o que quero ou planeio.
Mesmo depois desta tomada de consciência, pergunto-me se irá mudar alguma coisa. Os hábitos são difíceis de mudar, principalmente os maus.

2 comentários:

Joanico disse...

Eu sou mestre, nessa "arte" :))

Escrever Sonhar disse...

Obrigado pelo comentário. Acho que foi o primeiro :).
Isto de estar sempre a adiar decisões só nos angustia e raramente serve para alguma coisa. bjs