26 de maio de 2014

Rock in Rio

Ontem fui ao Rock in Rio. Eu e mais 60 mil pessoas.
Isso por si só  não tem nada de extraordinário. O  que torna este facto invulgar, é já terem passado 10 anos desde a primeira e única vez que fui. Nunca mais tinha ido, e gosto tanto daquela animação! 
Adorei cada parvoíce que fizemos em espírito de festa! 
O ambiente festivaleiro, as perucas, os óculos exagerados, a loucura dos sofás insufláveis. As fotografias para a posteridade.
Os concertos no palco Principal foram espectaculares. Alguns dos palcos menores também foram uma agradável surpresa.
Áurea e o Boss AC, qual dupla improvável, combinaram na perfeição, em voz e doçura.
O Robbie Williams, deixou-me sem fôlego, completamente rendida à voz  e ao charme. Lindo, cativante, espectacular. Só tive pena por ter acabado tão depressa. 
Recordo ainda com alguma emoção o momento em cantou o Angel, que me deixou toda arrepiada, pois não bastava o que a musica transmite por si só,  um "gigante de barba rija" ao meu lado, deixava cair as lágrimas sem qualquer pudor ou controlo, exacerbando ainda mais a sensibilidade já à flor da pele. Surpreendente. 
Robbie Williams continua a ser um grande Entretainer, mais maduro, mais descontraído, mais sincero.
 Ivete Sangalo, sempre aquela mulher furacão! Com uma alma que já tem tanto de portuguesa como de brasileira, conseguiu arrebitar aquele mar de gente, que apesar do frio não conseguia parar de dançar e cantar.
Inesquecível!



Sem comentários: