16 de julho de 2014

Comer Orar Amar ...

Ou no original Eat Pray Love.
Este livro, que li duma penada numas férias em cabanas antes de ser mãe, serviu de inspiração para o nome do blogue, numa equivalência que faz sentido para mim.
A história como eu a interpreto, descreve uma tomada de consciência e um ponto de viragem, consequentemente o despertar para um caminho de descoberta, através de experiências físicas e espirituais de forma a trazer-nos para mais perto da nossa essência e do objectivo primordial, ser feliz.

Acredito que são múltiplas as formas de chegar à felicidade, cada um deverá encontrar as suas. 
O ponto de partida será sempre a consciência do que somos e do que queremos ser, de onde estamos e para onde queremos ir, em conjunto com a capacidade de sentir se estamos no caminho certo. 
A partir daí depende de nós.



Sem comentários: