4 de julho de 2014

Despedida

Hoje despedi-me de um amigo. Um amigo verdadeiro com uma energia fora de série.
Um colega dos bons, dos que alegram o dia quando parece mais cinzento.
Trocou o certo pelo incerto, o conforto pelo sonho e pela possibilidade de crescer e ir mais longe.
Onde outros se lamentam, ela agiu, teve a coragem de tomar uma atitude.
Sinto que vai correr bem, pois tem o mundo no coração, o horizonte no olhar e alma de viajante.  
Vai para longe, mas hoje o mundo é uma aldeia e a distância já não se mede só em Km.

Até já F.

Sem comentários: