11 de agosto de 2014

Praia de Olhos de Agua

Enquanto a D. nos fez companhia, tentámos que entre idas à praia e à piscina pudesse ver um pouco mais das redondezas, uma vez que não conhecia aquela parte do Algarve.



No segundo dia depois de almoço, para evitar a praia na hora "má", fomos passear a Olhos de Agua.
A praia ainda de pescadores é muito acolhedora e convive com o turismo de uma forma simbiotica, casando as tasquinhas da terra com os restaurantes mais modernos, mantendo a culinária tradicional mas acrescentando alguma inovação que não choca.






















Passeámos na rua que vai dar à praia como turistas curiosas, entrámos nas pequenas lojas e experimentámos "trapos" de praia como duas miúdas.
Subimos promontórios para usufruir da vista de tirar o fôlego, de lá pudemos ver recantos que só os mais audazes encontram e que parecem pedacinhos do paraíso.



















Falámos de tudo e de nada. Dos sonhos e da realidade desta vida, que nos permite chegar até eles com mais ou menos esforço.


Sem comentários: