5 de outubro de 2014

Santaryn ou Scallabis

Santarém, capital do Gótico, cidade de Reis e Rainhas, ordens religiosas e palco de momentos chave da nossa História.
Cidade da História e com histórias que vale a pena descobrir. Peço emprestada a descrição perfeita de Almeida Garrett, "Santarém é um livro de pedra em que a mais interessante e mais prática das nossas crónicas está escrita".
Uma cidade que vale a pena conhecer, pela simpatia das sua gente, maravilhosa gastronomia, e impressionantes monumentos.












 




A minha única experiência de Santarém era o festival de gastronomia, ao qual fui várias vezes antes de ser mãe. Sempre de noite, e com o objectivo de comer belos petiscos (objectivo sempre cumprido). 
Desta vez fui de dia para descobrir a cidade, enquanto a criança pequena e o pai foram ver o torneio internacional de aeromodelismo Wings Of Portugal
Foi uma bela manhã, a fazer o que mais gosto, andar sem destino, descobrir recantos e encantos desta bela cidade entre ruas e travessas. Sei que muito ficou por ver, pois não tive guia, mapa ou preparação prévia, mas mais uma vez, andar sem destino permitiu-me seguir o meu nariz, o meu instinto e sempre ao meu ritmo.
Voltei com a já habitual mostra da doçaria local, a saber, Celestes de Santa Clara, Pampilhos, queijadas de amêndoa, arrepiados de Almoster.   

Já sinto a minha Canon G12 um pouco limitada. Urge procurar uma máquina que me devolva a imagem que procuro.

2 comentários:

Joana disse...

Oh! Foste descobrir a minha terra do coração :) É linda, não é? E os pampilhos...cada vez que saio de lá venho com o estômago aconchegado. A gastronomia está quase a começar! Vais lá petiscar este ano?
Mil beijinhos

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Já estou com saudades da feira. Não vou desde que o meu filhote nasceu, há 4 anos.
Talvez este ano seja o ano do regresso. As coisas boas que por lá se comem... Já estou a salivar! Nem devia, pois o stock que trouxe no domingo ainda não acabou...
Aqueles Celestes de Santa Clara... difícil é parar de comer...