23 de novembro de 2014

Tarte de Abóbora

Gosto de cozinhar.
Não sei se já o disse. Relaxa-me e faz-me feliz.
Principalmente no Inverno, quando fico tarde inteiras em casa a ver a chuva cair. E em dias de neura.
Conforta-me sentir o cheirinho das especiarias, e o calor do forno. Antecipo com prazer o resultado final.
Gosto (demais) de ver programas de culinária e experimentar os pratos que me ficam na memória.
Muito mais os salgados que os doces, porque são os que prefiro comer. Além disso a doçaria é geralmente uma ciência exacta, e não se compadece com (a criatividade de) pessoas que adoram inventar (eu).
Hoje fiz uma tarte doce de Abóbora. Andava a pensar nela há uns dias, e ficou divinal. tão boa que quando me lembrei de lhe tirar uma fotografia ... Já só tinha um bocadinho.

A M apareceu cá em casa, e foi um bom fim de tarde. Conversa descontraída, uma aromática caneca de chá e a Tarte.
Eu e ela, só não comemos mais fatias (foram duas cada uma), porque o lanche foi tardio e já estava próxima a hora do jantar.

Para repetir... e partilhar com quem se gosta e aprecia um doce. Não há melhor.



Podia ter ficado mais bonita, mas é deliciosa, que é o mais importante!


2 comentários:

_+*Ælitis*+_ disse...

Para mim, nada mais apropriado para Thanksgiving (e os dias após) que uma pumpkin pie.

água na boca!

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Esta é uma receita a repetir. No Outono sabe mesmo bem.