2 de fevereiro de 2015

Perspectiva

... é aquela linha em que nos colocamos quando levantamos os olhos do nosso umbigo e olhamos de frente para o que nos rodeia.
É quando nos afastamos da árvore onde parece que batemos com a cabeça, e vemos a floresta que se abre à nossa frente.
Ou quando abdicamos da ideia de ser o todo, e aceitamos ser uma parte ínfima de algo muito maior.
É o poder de transformar um ponto numa direcção, um substantivo num verbo, um estado numa reacção.


Sem comentários: