9 de abril de 2015

Estado de espírito

É extraordinário como o estado do tempo afecta o meu estado de espírito. Não sei como é com as outras pessoas, mas comigo, é uma ligação quase imediata, entranha-se-me não só no corpo mas também na alma.
Se o sol está encoberto, chove e faz frio, fico tolhida, de acções e ideias. Só me apetece enroscar num cobertor quentinho e dormitar. Entregar-me à lassidão do dolce far niente na sua forma mais improdutiva.
Não me apetece andar na rua, custa-me fazer seja o que for, e qualquer réstia de optimismo desaparece à primeira dificuldade. Mas pior que perder o optimismo, é a rabugice e a impaciência que tomam conta de mim. É preciso uma força de vontade quase sobre-humana para ultrapassar a inercia de dias assim.

Pelo contrário, quando o céu está azul, o sol brilha e o calor pede roupa leve e colorida, o mundo parece uma imensidão de possibilidades. Em casa abro portas e janelas, e dentro de mim todo o meu ser absorve essa energia boa, que se multiplica. 
Ás vezes parece que ouço musica, tal é a vontade intrínseca de dançar.  
Aquela montanha de dificuldades que me tapava o horizonte, derrete com o sol a brilhar lá fora. Os castelos no ar ganham fundações, os sonhos transformam-se em objectivos e vislumbro os caminhos para lá chegar. Com sol e calor, antecipo o futuro e sinto-me capaz de enfrentar tudo. Olho para dentro de mim e vejo soluções, maneiras de ultrapassar qualquer obstáculo que se me apresente.

Vá lá Primavera...Volta para ficar.




5 comentários:

afonso disse...

sinto o mesmo, sempre!

Escrever Fotografar Sonhar disse...

;))

E parece que o sol voltou!!!
Bora lá dar uns passinhos de dança, nem que seja a limpar o pó!

Cláudia M disse...

Também sinto o mesmo e tivemos um fim de semana cheio de sol 😊 tão bom !

Maria Rita disse...

Eu também sou assim, às vezes pareço bipolar, com o sol uma energia estonteante, com o dias cinzentos pareço uma barata tonta sem saber para onde ir e o que fazer, uma apatia tremenda.

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Acho que bipolar se aplica na perfeição...