21 de abril de 2015

Um dia bom

E o que me dizem da satisfação que é ter um daqueles dias de trabalho em que conseguimos fazer tudo? Daqueles em que atingimos um poder de concentração tal, que nada nos desvia do que nos tínhamos proposto fazer. O tempo parece que estica, e a gestão que fazemos dele resulta de uma forma, que por mais interrupções que apareçam nunca perdemos o fio à meada.
São momentos conseguidos num estado que só a mais pura adrenalina explica. Sentimos cada parcela de tempo que passa, e rentabiliza-mo-la ao segundo. Os problemas vão-se desenrolando à nossa frente e para cada um deles uma solução nasce. Levamos todas as tarefas a bom porto, e por vezes, ainda sobra tempo para apreciar o resultado final.

Hoje tive um dia assim e foi tão bom.


Sem comentários: