22 de maio de 2015

42 já? parecem 21...


Aos 40, fiquei à espera de uma festa surpresa, mas a coisa não se deu. 
Aos 41 andava tão chateada com isto e aquilo que nem queria ouvir falar de festas.
Hoje faço 42, e já aprendi finalmente o que devia saber há muito tempo:

A vida é demasiado curta, para a desperdiçar com esperas vãs.
É preciosa demais para andarmos chateados com ninharias, devemos celebrá-la sempre que possível.
Seja o que for que queiramos, temos que ser nós a procurá-lo, não nos vai cair no colo só porque é esse o nosso desejo.

Foto (muito bem) tirada por E. P. (Marvão)


2 comentários:

Cláudia M disse...

Muitos parabéns N 😊 Desejo-te um dia muito feliz. Beijinhos

( sei que ando mais desaparecida do blogue, mas em breve estarei de volta. )

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Muito obrigada.
Fico feliz por saber que o blogue vai continuar! Espero que tudo corra bem por aí. Aguardo as cenas dos próximos capítulos. ;)