8 de agosto de 2015

Erro

Entre muitas coisas que aprendemos todos os dias, percebo cada vez melhor que é no erro que mais aprendemos. 
Não no errar em si, mas na reflexão posterior. Naquilo que ele nos mostra, e nos caminhos que decidimos seguir depois de errar. Seja para corrigir, para pedir desculpa, ou simplesmente para perceber uma má escolha, é no depois, que podemos (ou não) crescer mais um bocadinho.

Ninguém faz tudo certo, quando percebermos isto, poderemos fazer algumas coisas certas. 



Sem comentários: