20 de setembro de 2015

Quem dois gostos quer ter...

... Um deles (ou ambos) há-de perder.

Tantas vezes que a minha mãe nos respondia com este (seu?) provérbio. 
Não serviu de nada. 

Ainda são muitas as vezes que quero "ir a todas", e tento. Claro que dá asneira. E lá vou aprendendo devagar... 
Não se pode estar em todo o lado, ser tudo, fazer tudo. 
Por mais que queiramos assumir vários papeis, tarefas, ou compromissos em simultâneo, isso raramente se consegue. 
Não depende só de nós. 
Conjugar tudo, nem sempre é humanamente possível, por isso optamos, e ao optar, algo se perde ou se adia. Perceber isto é só meio caminho andado, porque o difícil mesmo, é conseguir abdicar de algo conscientemente, sem melindres, arrependimentos, e de corpo inteiro. 
Para além de optar, aceitar as nossas escolhas, é outra parte importante deste processo. Mesmo que elas se venham a revelar erradas, aceitar que as fizemos, perceber porquê e aprender com o resultado, é fundamental. 
E no meio de toda esta "barafunda" é essencial sermos claros, praticar diariamente esta arte connosco e com os outros para que não haja mal-entendidos.
No meu caso, é algo a melhorar. 





5 comentários:

Ana Garcês disse...

Eu também sou dessas que "gosta de ir a todas" mas, com o tempo, tenho começado a aprender a fazer uma triagem e agora estou bem mais equilibrada em relação a isso.

R.: O condicionador corporal é uma espécie de creme hidratante para as preguiçosas. Mete-se enquanto se está a tomar banho, depois passa-se por água et voilá! Ficamos com a pele toda hidratada sem termos de meter o creme depois do banho. Para mim é uma win-win situation! :D

Ela e Ele Ele e Ela disse...

É realmente complicado conseguir chegar-se a todo o lado que se quer! Às vezes ajudava ter um teletransporte...

- Ela e Ele.

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Tenho que começar a dominar a arte de fazer triagem, porque o tele-transporte ainda não deve ser para breve ;)

Ana, Obrigado pelo esclarecimento relativamente ao condicionador, sou mesmo naba nestas coisas. Comigo é só o básico, mas está a chegar o tempo de ir um bocadinho mais longe nisto dos cuidados de beleza... É que os 30 já passaram há uns tempos.

Escrever Fotografar Sonhar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cláudia M disse...

Era tão bom conseguirmos chegar ou ir a todo lado... Realmente o teletransporte ou multiplicarmo-nos dava muito jeito ;)

Gosto muito do reflexo da foto N, está muito bonita e serena :)

Beijinho