1 de outubro de 2015

Em modo acelerado

Ontem o pai teve um imprevisto.
Num dia que não foi fácil, saio do trabalho a correr para ir buscar o meu filho à escola.
Dou-lhe o lanche em modo "despacha-te", levo-o comigo a uma formação (das 18.30 ás 20h), que não quero faltar, e digo-lhe que vai ser divertido...
Chego atrasada, peço desculpa por interromper. O professor e os colegas compreendem. 
"Mãe não é divertido..."
"Mãe, quando é que vamos embora?"
...

O saldo foi positivo, fez desenhos, ficou sentado e não falou alto (orgulho!). Agradeci em pensamento.
No fim, voo para casa, dou banho, faço o jantar, jantamos. Tudo a tempo de o colocar na cama ás 22h.
Sei que é assim, em modo de vida acelerado, a maioria dos dias para muitas mães. Não me estou a queixar.
Para mim, com a ajuda do pai é só de vez em quando. Mas quando é, entro em modo comando, velocidade Matrix e não há margem para hesitações (que só me enervam...).
No fim, só me apetece esticar no sofá a ver um episódio de uma série qualquer, e fingir que no dia seguinte é fim de semana.




2 comentários:

Cláudia M disse...

Não gosto de imprevistos, nem de andar em modo acelerado, mas por vezes acontece... Que pequeno bem comportado ;) Mesmo a dizer que não é divertido, porta-se bem :)

Beijinho

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Está a ficar um crescido... bjs