18 de fevereiro de 2016

Insiste ou desiste

Num embate, há quem desista, e  há quem insista. 
Dão-se o tempo necessário para respirar, levantam-se, olham em volta, e fazem uma escolha. 
Pelo mesmo caminho ou por um caminho diferente, com a lição aprendida ou não, (que nem sempre há uma lição a aprender), seguem em frente. Podem continuar com mais ou menos confiança, mas continuam, que nisto dos falhanços dá para os dois lados. 
A forma como cada um lida com uma contrariedade tem tanto a ver com aquilo que é, como com aquilo que quer ser. E o resultado, por ser uma combinação dessas duas parcelas, é imprevisível.
Desta forma nem sempre o que não nos mata nos torna mais fortes, mas certamente nos torna diferentes. Deixa marcas que nos recordam (para o bem ou para o mal), que somos frágeis, falíveis, imperfeitos. Em suma, humanos.

E se insistir nem sempre é coragem, mas teimosia. Desistir, por vezes, é puro bom senso.
Não nos apressemos a julgar quem desiste nem a elogiar quem insiste, que a sua história, só o próprio a conhece por inteiro. Insistir e desistir são apenas dois caminhos diferentes para avançar.


5 comentários:

Cláudia M disse...

Concordo tanto Natália... por vezes é necessário uma coragem imensa para desistir... Nem sempre desistir é uma fraqueza, de todo.

Quanto ao que não nos mata, torna-nos mais fortes, penso que na realidade isto raramente acontece. Pode não ser muito bom dizer isto, mas quantos de nós, ao passarmos pelos problemas e dificuldades da vida, não ficamos com essas marcas(como referes) para sempre... Que aprendemos, isso sem dúvida, agora mais fortes...

Beijinhos
(Volto em breve ao blogue)

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Ás vezes é necessário questionar as "verdades".
Aguardo o teu regresso, e as tuas fotos sempre tão bonitas.
Bjs

m-M disse...

Estou a passar por uma fase de luta.
E soube-me bem ler-te :)

Beijinho,

Cláudia M disse...

Sem dúvida.

Ohh obrigada pelo elogio querida Natália.

Um bom fim de semana para ti(e para os teus).

Beijinhos

Escrever Fotografar Sonhar disse...

m-M, fico feliz que os meus desabafos sirvam de alguma coisa a alguém. Muitas vezes escrevo só para me por na ordem, porque nem sempre a cabeça e o coração andam de acordo.
bjs e boa sorte!