20 de dezembro de 2016

31 dias 31 fotos [#20]

Já disse inúmeras vezes que adoro as cores do nascer-do-sol, os tons pastel, e a doçura suave com que cobre a natureza. Mas se queremos sentir emoções fortes, como a alegria, a paixão, e outros sentimentos avassaladores, é no dramatismo do Por-do-sol que os encontramos.   

#31 dias 31 fotos

2 comentários:

hill disse...

Permite-me discordar isto porque a temperatura de cor do por-do-sol é a mesma do nascer que é 3200ºK, logo tanto um como outro são muito quentes, o dramatismo és tu que o pões isto no meu entender, senão repara nas imagens do seguinte link

http://supercomentario.com.br/2011/03/17/nascer-do-sol-40-fotos-impressionantes/

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Obrigada pela informação técnica. Nós, não sendo máquinas, juntamos muito dos nossos sentimentos à percepção que temos da realidade. E o que eu sinto é isso mesmo, de manhã a luz parece-me mais suave e doce do que ao final do dia. Não sei se tem a ver com a atmosfera, com a temperatura do ar, ou outra coisa qualquer, mas a minha parca experiência leva-me a achar que não há luz mais suave que a do inicio da manhã.
Os meus dados estatísticos podem estar viciados, já que vejo 100 vezes mais o por-do-sol que o nascer...
As imagens que indicou são fantásticas.