6 de junho de 2017

Celebração

Quando penso em celebrar algo, penso sempre em comida, e amigos. Penso numa mesa farta, conversa boa e descontraída, gargalhadas, confidências, emoções.
Adoro “ajuntamentos” à volta da comida, sem hora marcada, com todo o tempo do mundo. Gosto de cozinhar, gosto de comer, mas sinto que o mais importante nem é a comida, mas o prazer de partilhar, de estar junto.  
No Verão, sonho com piqueniques. Talvez por me remeterem à infância, a tantos que fiz, na sombra deliciosa das árvores, umas vezes à beira do rio, e outras perto de casa, ao lado do baloiço improvisado pelos meus pais. Agora, faço poucos piqueniques. Não é por falta de vontade, mas porque já nada é assim tão simples. Ficamos mais complicados com a idade, e é pena. 
Da minha lista de filmes favoritos, há vários que adoro, em parte, porque se desenrolam à volta de uma mesa, porque conseguimos ver todas as emoções de uma vida (de várias), a desfilar durante uma refeição. Um deles, Babette’s feast (que já vi mais que uma vez), é um dos filmes da minha vida. Durante os preparativos de uma refeição, e a consequente concretização, mostra uma riqueza de sentimentos, e uma generosidade que me emociona de uma forma extraordinária. Cheio de personagens maravilhosos e de uma complexidade tal, que quase podemos dizer que conhecemos alguns muito parecidos, ao longo da nossa vida. Mas já me estou a dispersar... 
Voltando ás celebrações em redor de uma mesa, não tenho dúvidas, que as minhas recordações preferidas, tem a mesa como centro. Não tenho dúvidas também, que reforcei muitos laços tendo como mote, a celebração, e a partilha de uma refeição. Por isso, seja em casa, num restaurante, ou mesmo num jardim qualquer, para mim celebrar, é estar junto com as nossas pessoas, partilhar com elas os mais simples prazeres da vida, de estar, de conviver, de comer e de beber. 








Aceitei mais uma vez o desafio ACMA, e celebrar para mim é isto.
Mais informações sobre este desafio enviem um Mail com as vossas dúvidas para (acma.cultura@gmail.com), ou então leiam mais sobre o desafio, aqui ou aqui.
 

2 comentários:

Pirilampos Marte disse...

Piqueniques... É uma das coisas que mais tenho saudades de fazer na minha vida..

Beijinhos
www.pirilamposemarte.com

Escrever Fotografar Sonhar disse...

é tão bom, não é?
:)