1 de dezembro de 2017

(Re)começar

Estou em falta. Deixei de cá vir sem qualquer aviso ou justificação.  
Podia desfiar um rol de desculpas ou motivos, todos aceitáveis, alguns bastante bons (como o facto de ter ficado sem computador). No entanto, nenhum dos motivos era verdadeiramente impeditivo se eu tivesse mesmo vontade de cá vir. E não tinha. Porque este blogue não é uma obrigação, é um gosto, e para mim só faz sentido assim.

Sempre quis que este fosse um sitio bonito e de luz. Mesmo nos meus dias cinzentos, fiz os possíveis para não o transformar um muro de lamentações. No entanto, se cá tivesse vindo nestes últimos meses, traria comigo uma sombra a ofuscar a luz (que sei) que tenho, impedindo-me de ser a pessoa (que sei) que sou.

Claro que não deixei de escrever (escrevi para mim), nem de fotografar, mas os sonhos ficaram meios perdidos entre pedaços pardos de coisas reais e incontornáveis. E se o sonho comanda a vida, como diz o poeta, sem ele a vida anda desgovernada, à deriva e sem eira nem beira. Assim tenho andado eu, nos últimos meses, sem espaço nem tempo para planos ou sonhos. Ao sabor dos dias, um a seguir ao outro sem saber muito bem qual o rumo a tomar. 

Mas Dezembro chegou. E ao ver-me mais uma vez no ultimo mês do ano (a ler o que escrevi no ano passado) sinto a urgência de me forçar a sair deste miasma e desta falta de vontade. Urge arranjar mais tempo e espaço para as pessoas que mais gosto, e para as coisas que me deixam feliz.

Para (re)começar, à semelhança do que já fiz há um ano atrás, vou partilhar, em cada dia uma fotografia inspirada num tema diário, numa espécie de calendário do advento fotográfico.
Este desafio chegou-me através da Susana e da Margarida (BLESS). Por sugestão do Nuno tornou-se a desculpa perfeita para repetir a partilha do ano passado, mas desta vez, usando um tema como fio condutor.


Foto de Bless.
Foto By Bless
Esta ideia é ou não inspiradora? Quem ficou tentado ?

Sem comentários: